• Somochilar

UM AMOR QUE NUNCA MORRE

Diário de uma mochileira

27/05/2020


Hoje Frank me acordou com a música That’s Life. Fiquei imaginando o motivo de ser logo essa música, Frank. Que momento mais inoportuno, não? Logo de manhã o senhor quer conversar sobre um tema tão... Tão... Difícil!?

Tudo bem... Você tem razão... É difícil porque escrever sobre sentimentos não é um hábito. Relatar os pensamentos de uma forma clara e ao mesmo tempo carregados de emoção, por vezes não encontro a maneira correta, mas deixo a vontade fluir e os dedos assim acompanham, a traduzir as letras, palavras e frases nada mais, nada menos em minhas angústias. Sim. Estou angustiada e isso me inspira a escrever.

Frank, está tudo bem. Algumas pessoas se divertem ao te ver mal, no chão, te ignoram. Mas também você não é o centro das atenções pra achar que elas sempre se divertem com a sua desgraça. Deixe eu te dar um conselho: não permita que a opinião alheia interfira no seu sonho. Simplesmente faça esse sonho acontecer e mande notícias se quiser.

Olha, Frank. Nada acontece por acaso e espero mudanças significativas na sua vida. Então, continue seguindo seu coração e tenha paciência! Foi assim que meu pai me ensinou. Posso te pedir uma coisa? Cuide do meu pai por mim, por favor? Sinto muita falta dele.


(19/12/2019)

8 visualizações

©2020 por @somochilar